Elas dominam o Tech! Desafios e oportunidades das mulheres na tecnologia  

A imagem mostra a foto de uma mulher com vários códigos de computação na sua frente. Foto para ilustrar o artigo sobre as mulheres na tecnologia

Hoje eu vim conversar com você sobre a mulher na tecnologia. Mas antes deixa eu me apresentar: sou Ana Pérola, tenho um pouco mais de 3 décadas de vida, sendo uma delas dedicada inteiramente para liderança. Também sou especialista em Gestão de Pessoas e Projetos em TI.  

Atualmente sou responsável pelos times de Serviços TI, Infraestrutura, DevOps e Quality Assurance no GrupoRV. Meu foco é em gente e meus destaques profissionais são todos voltados para construção de times, experiência do usuário final e definições de processos.  

E, ainda que o cliente esteja sempre no centro, não deixo de lado a satisfação interna de quem faz a roda girar. Sim, é possível ser feliz no trabalho! Inclusive, um dos maiores desafios que já enfrentei na TI foi resgatar o encantamento de um cliente em relação ao produto e relacionamento.  

💻 Agora, vamos ao que interessa?

Rotuladas por assumirem frentes que remetessem ao cuidado, zelo e bem-estar, as mulheres naturalmente foram designadas a postos profissionais do mesmo âmbito. 

Entretanto, há controvérsias.  

Se removermos a poeira do passado, vemos que as mulheres assumiram papéis fundamentais para que hoje estivéssemos como estamos.  Porém, o reconhecimento quanto ao nosso papel na tecnologia sempre fora embaçado.  

Pergunto-lhe: o que seria de Turing, sem Ada Lovelace? Nada. Lovelace deu origem aos algoritmos e explicitou a importância deste componente para a construção de um software.💡

Os desafios são enormes para nós mulheres na TI. O preconceito paira na tecnologia e por vezes é necessário impormos uma postura mais firme e presenças resilientes para termos voz!  

🗣️ O eco feminino 

Encorajadas umas pelas outras, as mulheres estão invadindo o mundo da TI de forma revolucionária.  Unidas, ganham ainda mais proporção conquistando espaços diversos nesse segmento.  

Agora, eu te pergunto: você se identifica na TI?  

Esse questionamento é proposital. Fiz ele para te mostrar que hoje há muitas mulheres que ainda não trabalham com tecnologia porque não sabem, de fato, como é esse universo.  

É o que traz um estudo recente da PwC. Nele, a maioria das mulheres entrevistas não consideram uma carreira na tecnologia simplesmente porque essa não foi uma opção apresentada a elas. Além disso, considero importante ressaltar alguns pontos sobre a carreira de TI.  

  1. Tecnologia não é só engenharia de software. Tem gosto pra tudo! 
  2. Tenho visto um crescimento significativo para as áreas de Gestão Estratégia, Produto e UI/UX.  

Infelizmente, muitos ainda nos enxergam como frágeis para estar nessa profissão. Mas, o que posso concluir é que, na verdade, existe um receio da nossa força, garra e dedicação.  

Donas de um raciocínio lógico ágil, não queremos criar uma sala de guerra ou disputa. O que queremos é troca, partilha, ensinar o nosso melhor e estimular o melhor do outro.  

Ainda vivemos em desequilíbrio, mas percebe-se um despertar: executivos assumindo a importância das mulheres na computação, inclusive em postos de lideranças.

Mulheres, por sua vez, apropriando-se de suas identidades e quebrando paradigmas. E assim nascem as oportunidades! 

🚀 O atual cenário da mulher na TI 

Hoje, os departamentos empresariais clamam por vagas afirmativas, sobretudo na TI. O que mostra que estamos num cenário oportuno para novos destaques e para continuarmos fazendo história.  

Algo que nasceu conosco, seria injusto morrer com eles. Que as perguntas que nos levam às incertezas nos estimulem ao desafio e a superar todas as expectativas. Nossas e deles. E para isso, a inclusão de gênero é um debate fundamental. 

Ironicamente, enxergo o atual caminho da mulher na TI voltado novamente para uma cadeira de cuidado – e também controle. Não à toa que, geralmente, são elas quem têm conseguido um sucesso maior na manutenção de backlogs organizados e entregas dentro do prazo.  

Sem contar o relacionamento com o cliente e o próprio ambiente corporativo, que encontra nas mulheres um perfil de mais paciência e escuta. O que acaba refletindo positivamente na cultura e nos propósitos da organização. 

🤓 Degustação tech 

Agora minha conversa é com você mulher, que deseja entrar para o mundo da TI mas ainda não sabe por onde começar. Que tal aproveitar os podcasts da Alura? Eles são uma plataforma de educação em tecnologia, e proporcionam discussões instigantes sobre o mundo Tech. 

E para quem já sabe por onde ir, intensifica o conhecimento e avante! Separei 6 cursos para te deixar mais afiada.  

➡  Programação 
➡  QA 
➡  DevOps 
➡  Redes 
➡  UX Design 
➡  Produto 

💪 Criando conexões e unindo forças… 

Voltando a minha trajetória, há 4 anos atuo na TI e sempre fui minoria. Batalho diariamente pela inclusão de gênero e embora eu seja uma felizarda por fazer o que amo, ainda me sinto só na tecnologia.  

Disto isto, e para potencializar ainda mais nossa voz, finalizo indicando algumas comunidades tech para mulheres: 

✅  Programaria
✅  Womakers Code
✅  Maria Lab
✅  Django Girls
✅  Manas Digitais
✅  Mulheres de Produto
✅  Mulheres Agilistas
✅  Mulheres em Dados

Com a lista acima fica claro, mas o óbvio é sempre bom ser dito: a tecnologia é, e está, muito além do desenvolvimento. Afinal, inovar é diverso! 

Então VEM! 💙


Ana Pérola Pacheco
Gerente de Sustentação GrupoRV

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS

Twitter
Facebook
LinkedIn

Posts relacionados

Imobiliárias

Como reduzir disputas de locação?

A redução das contestações nas vistorias de imóveis é crucial para garantir transações imobiliárias satisfatórias.  Os problemas surgem quando imóveis são mal vistoriados antes de

LEIA MAIS