Seguro Fiança: Saiba tudo sobre essa garantia de aluguel

Imagem para ilustrar o texto sobre seguro fiança

Alugar um imóvel é uma decisão que traz diversas responsabilidades, seja para o locador ou locatário. Por isso, mais do que uma garantia, o seguro fiança é uma maneira de tornar esse processo de locação menos complexo.  

O pagamento de aluguel é a responsabilidade mais importante que o inquilino assume ao assinar um contrato de locação imobiliária. Já por parte do proprietário, as maiores atribuições são: 

  • Garantir que o imóvel seja correspondente àquele contratado; 
  • Manter as condições do imóvel conforme a proposta do negócio. 

Assim, deixar o imóvel nas mãos de uma imobiliária que oferece um serviço imparcial de vistoria imobiliária e contratação de garantia de aluguel, é uma maneira eficaz para garantir a segurança de todas as partes. 

Ao longo desse texto, você entenderá quais os benefícios que a garantia traz para o processo de locação. Vamos lá?  

Seguro Fiança: entenda como ele funciona 

Tradicionalmente, no mercado de aluguéis, as garantias mais comuns são o fiador e o depósito caução. Porém, nenhum deles garante proteção de forma completa para o locador ou locatário.  

Em entrevista para o Imobi Report, Silvano Zen Tucci, CEO do Seg Imob, trouxe uma reflexão bastante pertinente sobre o assunto. Segundo ele, “o mercado de aluguel caminha para o desuso da figura do fiador, e em breve quase 100% das locações se darão através de alguma garantia”.  

É nesse contexto que os seguros para a locação têm ganhado cada vez mais espaço. Agora, você sabe o que é o seguro fiança

Se você ainda não está muito familiarizado com o termo, a gente te explica! O seguro fiança é uma garantia imobiliária que substitui o fiador. Entre outras funções, ele é destinado para cobrir necessidades financeiras do locatário durante o período de um contrato de locação.  

Essa é a modalidade de garantia mais completa do mercado, e cobre todas as obrigatoriedades do contrato como: 

  • Aluguel; 
  • Condomínio; 
  • IPTU; 
  • Água e luz; 
  • Gás canalizado; 
  • Danos ao imóvel; 
  • Multa rescisória; 
  • Pintura interna e externa; 
  • Cobranças e ações de despejo. 

Conheça os principais benefícios do seguro fiança 

Como vimos, o seguro fiança traz mais segurança e facilidade para o processo de locação de um imóvel. Seja para o locador e locatário, ou para a imobiliária que está mediando a negociação. Todos saem ganhando quando possuem essa cobertura.  

Nos próximos tópicos, vamos nos aprofundar mais nos benefícios que este modelo de seguro traz na hora de alugar um imóvel. Confira:  

Segurança para os pagamentos 

Para o locador de imóvel, é indispensável que haja pagamento recorrente das prestações e que elas estejam em dia. Esse, na verdade, é o motivo pelo qual o ativo imobiliário é disponibilizado ao locatário.  

Quando o locador percebe que no contrato de aluguel há garantia de recebimento das parcelas, ele passa a se sentir satisfeito com as condições do negócio. Além disso, essa situação agrega mais valor no serviço do corretor imobiliário, aumentando as possibilidades de fidelização entre cliente e prestador de serviços. 

Estabilidade no contrato de locação 

Fazer com que as pessoas assumam as responsabilidades que o contrato de locação requer, demanda do jurídico algumas condições atrativas. Entre elas, está a estabilidade.  

É por meio das garantias de cumprimento das obrigações, como o seguro fiança, que o aluguel imobiliário torna-se previsível. Ou seja, estável.  

A estabilidade no contrato de locação, além de permitir que os envolvidos no aluguel sintam-se seguros quanto ao futuro do negócio, também entrega ao corretor de imóveis aquilo que ele busca durante toda essa jornada: o sucesso do cliente

Facilidade de pagamento  

Para alugar um imóvel com fiador, existe a necessidade de buscar por pessoas que se encaixam nas exigências da imobiliária. Além disso, não é fácil encontrar alguém que seja próximo e  esteja disposto a arcar com a responsabilidade financeira, caso você não possa pagar os aluguéis e encargos vencidos.  

Com o seguro fiança apenas a imobiliária e a pessoa interessada no imóvel são envolvidas no processo. Além disso, ele pode ser pago pelo inquilino tanto à vista quanto parcelado, tendo a vigência flexível, variando de 12 a 30 meses conforme o contrato de locação. 

Viu como hoje ficou muito mais fácil fechar contratos de locação, garantir a segurança do proprietário e a satisfação dos inquilinos? Pois é, alugar um imóvel com o seguro fiança permite que o negócio seja realizado de maneira mais ágil, eliminando toda a burocracia do processo.  

Esperamos que este conteúdo tenha sido útil para você! Acesse nosso blog e fique por dentro das principais tendências e novidades sobre o mercado imobiliário.   

Mais para explorar